Alimentação sem carne

Alimentação sem carne - apenas com vegetais - é um tema recorrente, pois há a preocupação com a saúde do homem, dos animais e do planeta.
alimentação sem carne

Alimentação sem carne

Alimentação sem carne – estruturada com vegetais – é um tema recorrente na mídia, pois há a preocupação com a saúde do homem, dos animais e do planeta.

Vegano e vegetariano

Vegano e vegetariano são expressões populares para designar pessoas que não consomem carne.

Sociedade Vegetariana Brasileira

Assim, para elucidar as diversas formas de alimentação, a Sociedade Vegetariana Brasileira define a nomenclatura dos diversos regimes alimentares, que excluem a carne do prato. Pois, as expressões populares Vegano e vegetariano não contemplam todos os perfis.

Vegetarianismo

Vegetarianismo é o regime alimentar que exclui todos os tipos de carnes. E costuma ser classificado da seguinte forma:

  • Ovolactovegetarianismo: utiliza ovos, leite e laticínios na alimentação.
  • Lactovegetarianismo: utiliza leite e laticínios na alimentação.
  • Ovovegetarianismo: utiliza ovos na alimentação.
  • Vegetarianismo estrito: não coloca no prato nenhum produto de origem animal.

Será que o vegetarianismo é um tema da moda?

Pitágoras

O vegetarianismo é anterior a história. Pois o homem pré-histórico alimentava-se de frutas, folhas e sementes. Depois, com o domínio do Fogo, introduziu a carne na sua alimentação.

Na antiguidade oriental, o vegetarianismo era adotado por grupos religiosos na China, Egito, Japão e Índia, pois o Budismo prega o bom viver entre homens e animais.

Contudo, o mais famoso vegetarianista pertencente a cultura greco-romana, o matemático e filósofo grego Pitágoras – que pregava a coexistência pacífica entre homens e animais.

Idade Média

Na Idade Média, a Igreja Católica restringiu dietas, pregando jejuns e também a abstinência de carne na Semana Santa.

Porém, também na Idade Média, grupos de vegetarianistas foram eliminados, à medida que o homem foi sendo considerado um ser superior e os ricos, mais superiores. Assim, comer carne representava status. E esta, era apenas para os ricos.

Doenças de rico

Como o consumo de carne era prevalente nas camadas mais abastadas, doenças e agravos não transmissíveis, como hipercolesteremia, diabetes e problemas cardio-vasculares eram mais comuns nesta população. Por isso, esses agravos eram denominados doenças de rico.

Entretanto, com a modernização dos processos agropecuários, a alimentação carnívora se tornou acessível também à população de baixa renda. E assim, a expressão doenças de rico, consta apenas na história.

Meio ambiente e alimentação

Não incluir proteína animal na alimentação, pode ser uma opção saudável, desde que bem orientada.

Entretanto, consumir a metade (50%) da proteína animal que ingerimos hoje, pode representar a redução de 56% da emissão de gases estufa no planeta. Pois o gado, majotariamente ovinos e bovinos emitem metano produzidos durante a digestão.

Efeito Estufa

A terra é envolvida por uma camada de gases, que mantém a temperatura na Terra permitindo a vida como ela é hoje. Porém o metano altera a composição dessa camada de gases, contribuindo para o aquecimento do planeta, que é o chamada Efeito Estufa. Por isso, a diminuição da ingestão de carne, contribuiria na menor acelaração do aquecimento do planeta.

Assim, a diminuição no consumo de carne, implicaria também na diminuição do plantio de soja, pois o grão é usado para a ração animal. Embora saudável, a soja é pouco consumida pela população em geral. Pois, seu uso, se restringe principalmente aos asiáticos e a seus descendentes.

Dieta vegetariana

Para a dieta vegetariana ser saudável, ela precisa ser bem orientada. Pois há nutrientes, que nos são fornecidos principalmente pela alimentacão com carne. Dois itens a observar: vitamina B12 e ferro.

Alimentação e Vitamina B12

Normalmente o indivíduo mantém seus estoques de vitamina B12 a partir da nutrição animal. A B12 existe em baixas concentrações nos derivados de leite e ovos. Porém, não são suficientes para manter a pessoa saudável.

Portanto, todos que não consomem carne vermelha precisam repor B12. Pode ser em cápsulas, em alimentos enriquecidos com B12, como algumas granolas. Para saber mais, busque ler os rótulos.

E, em casos mais graves, o médico pode receitar injeções de B12.

Segundo o Dr. Drauzio Varella a sua deficiência pode provocar anemia, trombose, formigamento nos membros, má absorção de nutrientes e infertilidade. Ainda, como a vitamina B12 é essencial para a formação, integridade e maturação das hemácias, em sua ausência, elas aumentam de volume. Na medula óssea – local em que são produzidas – o número de células chega a aumentar tanto, que o aspecto simula o das leucemias.

Alimentação e anemia Ferroprima

A anemia ferropriva é consequência da deficiência do íon Fe++ na alimentação. Nutriente, que só ingerimos a partir da carne vermelha.

Assim, esta anemia é mais prevalente na populações que praticam o veganismo. Pois o íon Ferro nos vegetais é o Fe+++, o qual é pouco absorvido pelo corpo.

Portanto, orienta-se a ingestão de vitamina C em paralelo com os vegetais, pois esta vitamina reduz o Fe+++ para Fe++, o qual, nosso intestino absorve melhor. Os vegetais verde-escuros, em geral, são mais ricos em ferro.

Vegetarianismo sabor carne

Há dois perfis que se pode identificar entre os vegetarianistas.

Aqueles que saboreiam os pratos vegetais com suas características e temperos.

E aqueles que buscam alimentos vegetais sabor carne. Aqui, abre-se uma janela perigosa, à medida que na busca do sabor, passam a ingerir produtos processados, quimicamente alterados, que embora não contenham proteína animal, contêm aditivos químicos, que podem prejudicar a saúde.

Alimentação com Batata e Macarrão

Mais um alerta para aqueles vegetarianistas que ao retirarem a proteína animal do prato acabam comendo mais carboidratos como pizza, macarrão e batata frita, podendo aumentar seus índices glicemicos.

Uma alimentação precisa ser completa, com vitaminas, micronutrientes, íons, carboidratos preferencialmente não refinados, para que tenhamos longevidade com saúde, portanto só os deliciosos pizza, macarrão e batata frita podem lhe deixar desnutrido.

Profissional da saúde e alimentação

Se deseja diminuir ou zerar a proteína animal no seu prato, estude, procure um profissional da saúde ou uma instituição como a Sociedade Vegetariana Brasileira, que lhe dará subsídios para ser vegetariano com saúde.

Alimentação Vegetariana

Empenhados em apoiar a vida saudável, o site Veggi e Tal oferece receitas de alimentação vegana. Saboreie e viva com saúde!

like do facebook Dra Lilian

Sobre o autor

Lilian Kiyomura

COMENTÁRIOS (4)

  • Excelente artigo!! Sucinto, pontuando os principais ítens. Parabéns!!!

    • Grata, Rose.

  • oi Maria Rita, obrigado por divulgar nossa página

    • Obrigada … é um merecimento pelas boas escritas de vocês.