Medo e Esperança

medo e esperança

Medo e Esperança

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o Medo é uma emoção associada ao Rim. Pode ser tanto um medo súbito, quanto um estado crônico acompanhado de ansiedade. Assim, esse Medo reduz a Energia Qi do Rim e faz o Qi descer.

Qi em Descida

Como Qi em descida podemos exemplificar duas (2) situações.

  1. Enurese noturna em crianças, que é um problema comum, quando vivenciam situações de insegurança decorrente de conflitos familiares.
  2. Incontinência urinária ou diarréia em adultos, que se seguem a um medo súbito.

Medo Crônico

Fatores do cotidiano da vida no Planeta, por exemplo: Covid-19, recessão econômica, insegurança familiar podem causar ansiedade e medo, os quais afetam a Energia do Rim, e consequentemente suas funções.

É importante lembrar que um certo grau de Medo é necessário à nossa sobrevivência. Por exemplo, atravessar uma rua movimentada em meio aos carros pode ser fatal, por isso olhamos para os lados antes de atravessar a via.

Contudo um pouco de Medo para preservar a nossa vida é essêncial e benéfico, assim antes de discorrer sobre as Funções do Rim vou lhe deixar cinco (5) dicas em tempos de Coronavírus.

Coronavírus

Entretanto hoje o Mundo vive uma situação atípica, com um vírus que se dissemina pelo planeta indiscriminadamente atingindo pessoas de todas as idades, sexo, credo e poder aquisitivo.

Essa incerteza quanto aos destinos dos países, do Brasil, da nossa cidade, do vizinho, da nossa família, enfim, de cada um de nós resulta em Medo.

Cinco (5) dicas para lidar com o Medo

Portanto devemos usar nosso Medo para preservar à nós e àqueles com os quais convivemos, seja de forma presencial ou remota. Para tal eu poderia citar 100 dicas, mas prefiro apenas cinco (5) para estes tempos de pandemia.

1 – Respire

Em qualquer situação de crise é normal esquecermos de respirar. Esta sugestão vale para todos os momentos, pois o respirar oxigena melhor o corpo e principalmente o cérebro, que bem nutrido estará mais apto à reflexões. Portanto em qualquer situação difícil, pare e respire profundamente algumas vezes até relaxar.

2 – Reflita

Então reflita e se pergunte: Se eu me desesperar vou enxergar a melhor solução? A resposta é não. Pois o desespero faz com que tomemos decisões absurdas.

3 – Informe-se

Assim em tempos de crise, cuidado com as informações falsas que inundam os meios de comunicação. Então busque fontes confiáveis.

Medo e música

4 – Ouça música

Que tal oferecer uma música para você? O que gosta? Tango, chorinho, MPB, gospel, blues? Ouça as suas canções preferidas.

5 – Enxergue e confie

Exercite seus olhos: olhe para cima, para baixo, para o lado e se possível para longe … e lá, além dos olhos, mais ao longe que puder enxergar, olhando com atenção saberá que há fatos e soluções, que ainda estão no porvir, enfim além do horizonte. Então confie, que nada neste mundo é eterno.

6 – Reze e emane

Há uma sexta opção que deixei de enumerar no início, pois é apenas para quem tem um credo, qualquer que seja. Reze e emane amor. E sempre com Esperança.

Funções do Rim

Segundo a MTC o Rim armazena a essência pré-celestial, que governa o nascimento, crescimento, reprodução e desenvolvimento, nutre o cérebro, controla os ossos, controla os orifícios inferiores e abriga a nossa força de vontade. Portanto o medo crônico afeta nossa existência à medida que as funções citadas são depauperadas.

Essência pré-celestial

Quando nascemos trazemos uma energia – essência pré-celestial – que supre o nosso viver. Essa essência, se for cultivada, resulta então em vida longa. Porém se a desgastamos com medos e/ou excesso de trabalho, nossa existência será encurtada.

Nossa carga genética forma um conjunto de caracteres que definem o nascer, crescer, reproduzir, a inteligência, estrutura física, metabolismo e força de vontade, que a MTC atribui como funções do Rim.

E quando há medo essa genética é prejudicada. Porém ações de bem viver somam anos de vida, assim como sagacidade, saúde e alegria.

Bem viver

Bem viver pode ser entendido como estratégias, as quais recorremos para enfrentar as dificuldades do cotidiano, por exemplo: meditar, respirar, praticar atividades físicas, alimentação saudável e práticas integrativas.

Medo e Acupuntura

A ansiedade e o medo podem ser amenizados com práticas integrativas, entre elas, a acupuntura.

Durante uma sessão de acupuntura são liberadas serotonina e endorfinas, consideradas hormônios do bem-estar, pois promovem relaxamento.

Dra. Lilian

Dra. Lilian é médica homeopata e acupunturista que estuda e pratica Medicina Tradicional Chinesa e acupuntura para promover saúde e equilíbrio aos seus pacientes.

Fontes

  • Pontos de Acupuntura – Guia Ilustrado de Referência – Ednéa Iara S. Martins e Ernesto G. Garcia
  • Princípios de Medicina Interna do Imperador Amarelo
  • Os Fundamentos da Medicina Chinesa – Giovani Maciocia

Sobre o autor

Maria Rita

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um comentário