Lian Gong em 18 terapias

Lian Gong em 18 terapias é uma ginástica terapêutica de origem chinesa.
LIAN GONG EM 18 TERAPIAS - Dra Lilian

Lian Gong em 18 terapias

Lian Gong – primeiramente vamos entender o seu significado:

  • Lian = treinar, exercitar
  • Gong = trabalho persistente e prolongado que alcança um nível elevado de habilidade

Lian Gong em 18 terapias, portanto, é uma ginástica terapêutica de origem chinesa.

Através de exercícios simples, realizados de maneira persistente e prolongada, visa a prevenção e também o tratamento de dores no pescoço, ombros, cintura, pernas e doenças crônicas.

Foi então desenvolvida em 1974, pelo médico ortopedista e traumatologista chinês Dr. Zhuang Yuen Ming (1919-2013) de Shangai.

Dr. Zhuang

Dr. Zhuang uniu os princípios da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), das artes marciais, manobras da massagem chinesa e tui ná, com o seu conhecimento da Medicina Ocidental.

Como resultado, elaborou uma sequência de exercícios para prevenção e tratamento de dores no corpo, problemas  articulares e tendíneos, disfunções em órgãos internos e fortalecimento do sistema cárdio-vascular.

Lian Gong no Brasil

No Brasil, o Lian Gong em 18 terapias, foi introduzido em 1987 por Maria Lúcia Lee, professora de Filosofia além de Artes Corporais Orientais.

Através de seu convite, o Dr. Zhuang visitou o Brasil em 1997 e também 1999 quando, então, ministrou cursos de aperfeiçoamento da técnica.

Posteriormente, em setembro de 2015, seu filho e sucessor Zhuang Jian Shen veio para o Brasil. Foi realizado, então, o Seminário Internacional de Lian Gong, promovido pela Associação Brasileira de Lian Gong em 18 terapias.

Atualmente o Lian Gong em 18 terapias é praticado em mais de 30 países.

Os exercícios

O Lian Gong é composto por um conjunto de exercícios divididos em três partes, cada uma com 18 movimentos. É realizado ao som de uma música desenvolvida por um musicoterapeuta chinês.

Tom Marcial

Durante os primeiros 30 segundos da prática a música tem um tom marcial.

Segundo a professora Maria Lúcia Lee, Dr Zhuang dizia que o início marcial era uma forma de despertar a energia yang do corpo.

Esta energia yang se encontra atualmente enfraquecida, certamente devido ao estilo de vida, à poluição e aos alimentos que ingerimos.

Em seguida, a música se desenrola com uma contagem e o ritmo vai se modificando em cada série.

Respirar

A respiração e também o olhar conferem o estado de presença.

Trazem uma sensação de calma, harmonia interna e a nossa integração com o céu e a terra.

1. Parte Anterior

Os exercícios, primeiramente da parte anterior do corpo, têm como objetivo o tratamento e a prevenção dos desequilíbrios e dores nas regiões do pescoço, ombros, lombar, glúteos e membros inferiores.

série

Para prevenção, assim como o tratamento de desequilíbrios nas regiões do pescoço e ombros.

A má postura, fadiga, estresse, movimento brusco ou até mesmo, fatores emocionais como ansiedade e insegurança trazem, como resultado, tensão generalizada e espasmos musculares

Os movimentos da cabeça, pescoço, ombros e braços desta 1ª série, foram projetados para promover a distensão dos músculos através de delicadas, porém firmes trações, alongando-os.

Portanto, como consequência, os espasmos musculares diminuem, as aderências dos tecidos moles se dissolvem, o tônus muscular se fortalece e a circulação do Qi e do sangue se restabelecem.

2ª série

Para prevenção, como também, tratamento de desequilíbrios e dores nas costas e região lombar.

Os movimentos desta série foram projetados para aliviar a dor, desfazer espasmos na região, dissolver aderências e melhorar a mobilidade da coluna, corrigir escoliose, enfim restaurar a curva fisiológica da espinha lombar.

3ª série

Para prevenção e tratamento dos desequilíbrios, assim como dores nos glúteos e pernas.

Os movimentos focados nessas regiões promovem o alinhamento e mobilidade das articulações dos membros inferiores, potencializando o tônus muscular, assim como reduzindo os desvios da coluna lombar.

A estabilidade do nosso corpo depende, acima de tudo, da estabilidade das pernas e pés.

Os exercícios de Liag Gong para a parte anterior tem a duração de 12 minutos.

2. Parte Posterior

Os exercícios desta parte, foram elaborados para prevenção e também para o tratamento de desequilíbrios e dores nas articulações das extremidades, tendões e disfunções de órgãos internos.

série

Para desequilíbrios de dores nas articulações das extremidades.

Através de movimentos das extremidades integrados ao corpo como um todo, soltam-se as contraturas e aderências dos tecidos moles das articulações. Promove-se, então, seu deslizamento, reduzindo o atrito e consequentemente aliviando as dores e inflamações.

As causas destes desequilíbrios provavelmente, são a invasão do Qi perverso do vento, frio e umidade, bem como, lesões causadas pelo esforço repetitivo, má postura, etc

série

Para prevenção e tratamento de desequilíbrios e dores nos tendões, ou seja, tendinites e tenossinovites.

Os exercícios desta série têm o efeito de desobstruir o sistema de meridianos permitindo, assim, a circulação do Qi e do sangue.

Como resultado, observamos uma maior lubrificação dos tendões, redução da inflamação e da aderência de suas bainhas.

série

Para tratamento das desordens funcionais dos órgãos internos.

Esta série foi desenvolvida para prevenir, assim como tratar de disfunções dos órgãos internos: alterações gastro-intestinais, estresse, hipertensão arterial, disfunções coronárias, etc.

Através de automassagem nos pontos de acupuntura e uma movimentação natural do corpo, o fluxo do Qi é estimulado e, como resultado, as funções dos órgãos e vísceras são restabelecidas.

Os exercícios de Liag Gong para a parte posterior, também têm a duração de 12 minutos.

3. I Qi Gong

I Qi Gong tem como objetivo a prevenção e tratamento das doenças crônicas, por exemplo, asma brônquica, distúrbios circulatórios, problemas cardíacos através do fortalecimento das funções do pulmão e do coração.

Os exercícios de I Qi Gong são realizados com outra melodia e também têm 12 minutos de duração.

Lian Gong em 18 terapias e PNIC

O Ministério da Saúde incluiu o Lian Gong na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), a qual abriga 18 terapias, entre práticas da MTC e de outras medicinas tradicionais.

Essas terapias devem ser oferecidas à população pelo SUS, segundo a Portaria 971 de 3 de maio de 2006. Também, por recomendação da OMS, o Ministério da Saúde vem atualizando a PNPIC anualmente. Assim, gradativamente, as práticas integrativas e complementares vão se tornando acessíveis à população.

Mais sobre o Lian Gong

  • Maria Lúcia Lee, “Lian Gong em 18 Terapias – Forjando um Corpo Saudável”, São Paulo: Ed. Pensamento, 2ª Ed.
  • Zhuang Yuan Ming e Zhuang Jian Shen “Lian Gong Shi Ba Fa (Lian Gong em 18 Terapias)” (CD de áudio encartado), São Paulo: Ed. Pensamento, 2001.
  • Associação Brasileira de Lian Gong
  • Zhuang Yuan Ming e Zhuang Jian Shen, “I Qi Gong (Continuação do Lian Gong)” (CD de áudio encartado), São Paulo: Ed. Pensamento, 2002.
like do facebook Dra Lilian

COMENTÁRIOS (5)

  • Achei sensacional as informações , vou ver se consigo praticar , saudações.

  • Olá, Douglas!
    Que ótimo saber que esta Prática Corporal Chinesa faz parte da sua rotina diária. Algo que posso te dizer, de antemão, é que esta Prática te trará cada vez mais saúde, foco, equilíbrio, conhecimento e longevidade!
    Conversei hoje com a Professora Maria Lúcia Lee, grande mestra que trouxe o Lian Gong para o Brasil, motivada pela sua pergunta.
    Você PODE sim fazer o Lian Gong diariamente, ok?
    Vou dar uma sugestão: – assim que for possível, procure um instrutor que possa te orientar e aperfeiçoar os seus exercícios. Cada série, cada exercício, é muito rico, tem um porquê, um objetivo. E mais ainda, você entra em contato, nas aulas, com a sabedoria da Filosofia Oriental. Outra sugestão: dá uma olhada no Google e conheça o professor, muito querido, Jaime Kuk.
    Boa Prática
    Boa sorte!
    Abraço
    Lilian

  • Olá Dra. Lilian,

    Me chamo Douglas, tenho 25 anos e sou saudável. Eu conheci o Lian Gong a pouco tempo, mas já o incorporei na minha rotina porque realmente é algo muito bom para a saúde e já sinto os benefícios da prática.
    Eu estou aprendendo os movimentos através de vídeos da Secretaria de Saúde de São Paulo, mas me surgiu uma dúvida e gostaria da sua ajuda: eu posso praticar as 3 partes (Posterior, Anterior e I Qi Gong) em sequência, ou seja, sem pausa entre as partes? A prática do Lian Gong pode ser realizada todos os dias da semana uma vez ao dia?

    Desde já agradeço.

  • Olá Sidnei!
    Desculpe-me, vi o seu comentário somente agora. Você já deve ter finalizado o seu TCC, não é mesmo? Em todo caso, se houver ainda algum interesse, mande seu email, ok?

  • Senhores, boa noite, estou finalizando um trabalho de conclusão de curso – TCC no curso de Educação Física, e o tema é: Lian Gong. Solicito mais informações sobre a GTC, autores confirmado a eficaz do Lian Gong na recuperação e prevenção de incidentes muscular e articular. Se for possível, peço q me envie por e-mail assuntos relativos a essa GTC, como: artigos, origens, exercícios etc. Muito obrigado.

    Sidnei/Bagé/RS.

Deixe um comentário