Flores comestíveis

As flores podem ser enriquecer o seu prato, seja com seus nutrientes, como temperos, mas sempre os embelezando.
flores comestíveis

Flores comestíveis

Flores no prato

As flores comestíveis podem enriquecer o prato, sejam com seus nutrientes ou como tempero, trazem novos sabores sempre embelezando nossa mesa.

Contudo, é importante observar que as flores devem ser cultivadas especificamente para o consumo, portanto busque fornecedores que se dedicam a essa cultura.

Tagetes

1 – Tagetes

As Tagetes têm gosto levemente amargo, assim, suas pétalas podem ser utilizadas em saladas, sopas, molhos, bolos e pães.

De origem mexicana, elas substituem o açafrão e colorem o prato de amarelo, mais claro ou escuro, dependendo da sua tonalidade.

As Tagetes também espantam formigas no jardim. 

Também conhecida como cravo-dos-mortos, porque tem forte tradição no México como flor de defunto. Pois eram usadas em rituais dos antigos povos indígenas da América Central.

2 – Rosas

Ricas em vitamina C, as Rosas decoram os pratos e suas pétalas podem ser usadas em saladas, geleias, gelatinas, sorvetes, pudins, cremes e licores.

Porém, seu sabor depende da espécie, pois pode variar do adocicado ao amargo. Para doces, suas pétalas podem ser cristalizadas, segundo a receita no final desta página.

A produção de geleia de rosas é um uso que vem da antiguidade romana, quando também era usada para aromatizar licores e vinhos.

3 – Dentes-de-leão

Com sabor doce, pois lembra o mel, o Dente- de-Leão é uma flor utilizada em saladas, geleias e sobremesas. 

Seu consumo traz inúmeros efeitos positivos para a saúde, pois possui propriedades antioxidantes e antirreumáticas.

A flor é rica em vitamina A, vitamina D, vitamina C, ferro e vitaminas do complexo B. Suas folhas são ricas em fibras e ajudam quem tem intestino preso.

Amor Perfeito

4 – Amor-perfeito

O Amor-perfeito tem sabor suave e levemente adocicado, portanto pode ser utilizada em saladas de frutas, bebidas e sopas. Ela também é perfeita para decorar os pratos.

Entre suas características terapêuticas, o amor-perfeito-bravo possui propriedades, como: adstringente, anti-seborréica, anti-inflamatória, bactericida, depurativa e diurética.

Na sua composição: vitamina C, óleos essenciais, carotenoides e rutina, flavonoide com atividade antioxidante e anti-inflamatória.

Capuchinha

5 – Flores comestíveis de Capuchinha

Conhecida também como mastruço, com gosto ligeiramente apimentado, a Capuchinha lembra o do agrião. Assim, é ótima para aromatizar vinagres e acompanhar saladas e pratos frios.

Segundo a cultura popular, a Capuchinha ajuda no combate a doenças dos rins e da bexiga, portanto deve ser um tônico de Yin do Rim.

Das flores e folhas da Capuchinha, faz-se chás e infusões para tonificar a essência do Rim. Porém, como a planta tem efeito diurético, cuidado com seu consumo, pois pode potencializar algum medicamento que já usa.

Lavanda ou Alfazema

6 – Flores comestíveis de Lavanda

Muito usada na preparação de chás e bebidas, a Lavanda ou Alfazema tem seu uso associado a sobremesas, pois seu sabor e aroma têm um leve toque cítrico.

Suas flores secas e seu óleo essencial são populares, principalmente na perfumaria.

Um dos maiores cultivos de Lavanda no Brasil é em Cunha no estado de São Paulo, na Estrada Real no caminho para Paraty. O Lavandário, além de cultivar, também comercializa produtos a base de Lavanda.

Acácia Branca

7 – Acácia Branca

Com um alto nível de nutrientes, toda a planta da Acácia Branca pode ser consumida. Pois possui aminoácidos e vitaminas, que enriquecem a qualidade do prato.

O sabor de seu óleo é doce, assim suas folhas podem ser utilizadas em sopas, refogados e chás.

Porém, a Acácia, se ingerida em excesso pode provocar alucinações. Também é contra-indicada para idosos, crianças até 12 anos, gestantes e lactantes, pois pode ser tóxica. A Acácia e conhecida popularmente como Angico.

Flores comestíveis de Cravina
Cravina

8 – Flores comestíveis de Cravina

Com um aroma característico, a flor pode ser misturada ao açúcar para o preparo de bolos e combina com saladas.

O sabor da Cravina lembra especiarias, pois tem um azedinho como o trevo-da-sorte ou cravo-da-índia.

Flor de Mel ou Alyssum

9 – Flor-de-mel

Com aroma intenso de mel e sabor adocicado, a Flor-de-mel ou Alyssum combina com sobremesas, carnes e até peixes.

As flores são brancas e delicadas com folhas de sabor apimentado. São encontradas principalmente brancas, mas também há lilases e cor-de-rosas.

Flores comestíveis de Borragem
Borragem ou Borago

10 – Borragem ou Borago

Da Borragem ou Borago são utilizadas as folhas e flores, que têm aroma e sabor frescos que lembra o pepino.  A planta é adequada para saladas, bebidas, molhos e sopas.

A sabedoria popular recomenda ss flores em chás contra tosse, febre e inflamações.

Flores comestíveis
Botão de Calêndula

11 – Calêndula

Apenas as pétalas da espécie são propícias para o consumo. Boa para receitas quentes, a Calêndula tem um sabor amargo e assim, pode substituir o açafrão.

Apenas as pétalas são comestíveis, pois o talo e a base da flor são duros.

Embora a Calêndula seja apreciada na culinária, seu uso tradicional é medicinal, pois age contra fungos e bactérias, além de ser potente cicatrizante.

Violeta Odorata

12 – Violeta Odorata

A Violeta ou Viola Odorata é a verdadeira violeta, a flor. Pois, que comumente chamamos de violeta, disponível em floriculturas é a Violeta Africana, não está na lista das flores comestíveis.

Com sabor adocicado, a Violeta é utilizada em sobremesas. Pois, além de embelezar, pode-se fazer doce de violeta, chá, bolo e xarope de violeta. Elas podem ser incluídas em saladas, geléias e manteigas para dar sabor.

Flor de Abobrinha

13 – Flor de Abobrinha com Fruto

A Flor da Abobrinha com Fruto é usada no cotidiano do interior paulista na culinária caipira. Pois, elas podem ser refogadas com picadinho de carne ou apenas passadas na manteiga com sal e alho a gosto. Como absorvem bem o sabor dos temperos, então podem ser colocadas em sopas e caldos.

É tônico de Yin do Rim, sendo assim, fortalece o Rim e a Bexiga.

Flores comestíveis de Jambu
Flor de Jambu

14 – Flores comestíveis de Jambu

Como seu sabor é apreciado pelos paraenses, então o Jambu é frequente em famosos pratos típicos, como o Tacacá, Pato no Tucupi, Arroz Paraense, entre outros. Quando se saboreia um prato com Jambu, então, a língua adormece e tremilica, sensação conhecida do paraense, que chama a atenção do incauto turista, quando saboreia pela primeira vez a iguaria. As folhas juntamente com as flores são vendidas no Mercado Ver-o-peso em Belém do Pará.

Em seu uso fitoterápico tradicional na Amazônia, as folhas e as flores do jambú são utilizadas em infusões para o tratamento da dispepsia, malária, infecções da boca e da garganta. O Jambu também é recomendado contra a avitaminose C, como antibiótico e anestésico.

Pois, das folhas mais tenras é extraido um óleo essencial com índice elevado de uma substância conhecida como spilanthol responsável pelas propriedades anestésicas, analgésicas e anti-inflamatórias do Jambu.

Flor de Amaranto Roxo

15 – Flor de Amaranto roxo

A flor de amaranto é usada na decoração de pratos. Porém, sua relevância está no grão, pois a ausência de glúten viabiliza seu uso na fabricação de farinha para celíacos, como em sopas, biscoitos, mingaus, pães e panquecas.

É um alimento rico em ferro, potássio, cálcio e vitaminas A, B1, B2 e C. E no Brasil, seu uso na culinária é mais visto nos em Pernambuco e na Bahia, onde recebe o nome de Bredo.

Para a civilização Asteca, os Amarantos eram utilizados como alimento e como medicamento, pois suas funções terapêuticas eram conhecidas para na cura de doenças e em rituais ofertados aos Deuses. As funções medicinais são comprovadas cientificamente, no combate a infecções, problemas hepáticos, hidropsia e infecções da bexiga.

Flores comestíveis Cristalizadas

Pode-se cristalizar pétalas de flores comestíveis para servir como petit four com café. Tambem podem acompanhar o chá da tarde.

Receita de Pétalas Cristalizadas

Ingredientes

  • 30 pétalas – o ideal é que a flor não tenha sido tratada com pesticidas e você mesmo possa colher pela manhã, preferencialmente ainda úmidas de orvalho.
  • 1 clara de ovo
  • 1 colher de sopa de água
  • Açúcar de confeiteiro o quanto baste
  • 1 pincel macio de ponta pequena
  • Papel manteiga
flores comestíveis cristalizadas
Flores Cristalizadas

Modo de preparo

  • Lave bem as flores em água corrente e deixe que escorra um pouco o excesso de água numa peneira ou escorredor.
  • Retire as pétalas e dispense o restante da flor.
  • Retire a parte brancas da base das pétalas, pois elas amargam ao serem mastigadas.
  • Espalhe as pétalas sobre um papel absorvente de cozinha para que termine de secar.
  • Num vasilha pequena, use um garfo para bater levemente a clara de ovo com a água.
  • Com o pincel, pincele cada pétala, dos dois lados, com a clara batida.
  • Em seguida, coloque a pétala pincelada com clara no açúcar, cobrindo-a de forma a que o açúcar fique bem aderido à pétala, como se estivesse empanando a pétala com o açúcar.
  • Coloque as pétalas já açucaradas para secar sobre uma assadeira forrada de papel manteiga ou em uma grade e as deixe em local arejado, em temperatura ambiente, por cerca de 24 horas, até que estejam secas. Mova ligeiramente as pétalas a medida que vão secando para que não grude no papel.
  • Caso o tempo esteja úmido, então coloque as flores açucaradas para secar em forno baixo (150°C), por 10 minutos.
  • Uma vez secas, guarde-as em um recipiente hermeticamente fechado. Tenha cuidado, pois as pétalas são muito frágeis e quebram facilmente. Bem acondicionadas as flores cristalizadas resistem, perfeitamente, por duas semanas.

Dicas e cuidados sobre flores comestíveis

  • Para dar um sabor mais acentuado de rosas, substitua a colher de sopa de água por água de rosas.
  • Se preferir, substitua o açúcar de confeiteiro por açúcar cristal ou mesmo pelo refinado.
  • Mãos pegajosas podem rasgar pétalas delicadas, por isso lave ou vá limpando os dedos com uma toalha molhada conforme vá trabalhando.
Pétalas de Rosas Cristalizadas

Quais flores comestíveis cristalizar

Você pode cristalizar as pétalas de rosas, amor perfeito e quaisquer flores comestíveis. Mas também, folhas como hortelã, sálvia e manjericão são excelentes, quando cristalizadas.

Mais sobre Flores Comestíveis

like do facebook Dra Lilian

Sobre o autor

Maria Rita

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um comentário