Acupuntura – Quais são as doenças que ela pode tratar?

Na prática clínica, trata-se doenças e disfunções orgânicas: neurológicas, psiquiátricas, ortopédicas, respiratórias, reumatológicas, digestivas, etc.
Acupuntura e Coronavírus

Acupuntura – Quais são as doenças que ela pode tratar?

A acupuntura apresenta amplo campo de atuação, sendo utilizada, certamente, para o tratamento de muitas doenças.

Acupuntura na prática diária

Nas pesquisas clínicas assim como na prática diária, observa-se uma grande eficácia no tratamento de inúmeras doenças e disfunções orgânicas: neurológicas, psiquiátricas, ortopédicas, respiratórias, reumatológicas, digestivas, entre outras.

Ao estimular o sistema nervoso, a acupuntura regula e harmoniza o funcionamento do organismo como um todo, através da circulação da energia vital ou Qi, tendo como resultado uma melhoria de afecções diversas.

A acupuntura, portanto pode ser utilizada unicamente e também conjuntamente a outros tratamentos.

Coronavírus e Acupuntura

Em função da pandemia de Coronavírus que assola o planeta, então pessoas têm perguntado se a Acupuntura trata os acometidos pelo Vírus. Para esclarecer o leitor vamos observar dois (2) aspectos: Cura e Equilíbrio.

Cura

Até hoje inexistem vacinas ou medicamentos específicos para a cura das pessoas acometidas pelo Covid-19. Então devemos seguir as orientações das autoridades sanitárias e fale com o seu Médico, caso sinta-se doente. Portanto tenha a clareza: nenhuma pesquisa garante que a Acupuntura cura o paciente com Coronavírus.

Equilíbrio com Acupuntura

Como terapia que promove equilíbrio para nos ajudar a enfrentar as dificuldades emocionais, portanto a Acupuntura é forte aliada nestes tempos de pandemia.

Assim, para corroborar esta afirmação, a OMS recomenda a Acupuntura para afecções psíquicas e psicossomáticas, como: depressão, ansiedade e insônia.

Portanto se sentimos medo e insegurança diante a situação vigente, sim a acupuntura pode nos ajudar.

O Médico

Porém é importante e necessário que seu médico atenda os requisitos sanitários exigidos pelo Poder Público, por exemplo como: higienização do espaço de atendimento, uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), agulhas descartáveis, espaçamento seguro, etc..

Agora conheça a seguir o que diz a OMS sobre a Acupuntura e suas indicações.

Acupuntura e OMS

Sendo assim, em 1979, a Organização Mundial de Saúde (OMS) editou uma lista com 41 doenças que apresentaram excelentes resultados em tratamentos com acupuntura.

Após 25 anos de pesquisas em renomadas instituições do mundo, a OMS publicou o livro Acupuncture: Review and analysis of reports on controlled clinical trials, no qual expõe os resultados desses estudos.

Afecções físicas

  • Distensão muscular;
  • Dor cervical;
  • Pescoço rígido;
  • Espondilose cervical;
  • Dor aguda na coluna;
  • Dor lombar;
  • Ciática;
  • Inflamação no tórax e costelas;
  • Dor no joelho;
  • “cotovelo de tenista”;
  • Periartrite no ombro;
  • Fibromialgia;
  • Fascite na planta do pé;
  • Osteoartrite;
  • Artrite reumatóide;
  • Gota / artrite.

Afecções de pele

  • Acne;
  • Eczema;
  • Irritação na pele;
  • Micose;
  • Herpes zoster;
  • Psoriasis vulgar, Eritroderma e pustular.

Afecções do pulmão e vias respiratórias

  • Gripe comum;
  • Dor de garganta;
  • Amidalite;
  • Rinite alérgica;
  • Bronquite aguda;
  • Asma;
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica.

Afecções no coração

  • Hipertensão;
  • Hipotensão;
  • Doença coronariana e angina;
  • Doença cárdio-pulmonar crônica;
  • Neurose cardíaca.

Afecções no fígado e vesícula biliar

  • Cólica biliar;
  • Cálculo na vesícula biliar;
  • Hepatite B (vírus portador).

Afecções no estômago e intestinos

  • Dor abdominal;
  • Cólica estomacal;
  • Cólica intestinal;
  • Espasmo gastro-intestinal;
  • Soluços;
  • Náuseas e vômitos;
  • Diarréia;
  • Constipação;
  • Hiperacidez no estômago;
  • Gastrite crônica;
  • Úlcera;
  • Cólon irritado;
  • Enterite (inflamação bacteriana no intestino);
  • Hemorróidas.

Afecções nos rins

  • Cólica renal;
  • Cálculo renal;
  • Retenção urinária traumática;
  • Incontinência;
  • Infecção urinária recorrente.

Afecções do sistema circulatório

  • Síndrome de raynaud (mãos e pés frios);
  • Flebite;
  • Dor em tromboangeíte;
  • Excesso de gordura no sangue.

Afecções do sistema nervoso

  • Enxaqueca;
  • Tontura;
  • Neuralgia do trigêmeo;
  • Neuralgia (dor dos nervos);
  • Dor radicular (raízes dos nervos);
  • Distrofia reflexa do simpático;
  • Bexiga neurogênica;
  • Lesão crânio-cerebral;
  • Arteriosclerose;
  • Coma;
  • AVC com sequela: hemiplegia, perda da força muscular, desvio da boca e paralisia da fala, além de sequela que dificulta o articular de palavras;
  • Paralisia facial;
  • Paralisia causada por poliomielite;
  • Febre hemorrágica epidêmica.

Afecções do sistema endócrino

  • Obesidade;
  • Diabetes mellitus.

Afecções dos órgãos dos sentidos

Olhos

  • Sensibilidade;
  • Dor;
  • Secura nos olhos;
  • Conjuntivite;
  • Vista turva;
  • Daltonismo.

Ouvidos

  • Ataque súbito de surdez;
  • Zumbido.

Nariz

  • Sangramento nasal;
  • Sinusite e obstrução nasal.

Boca

  • Excesso de salivação;
  • Falta de salivação;
  • Inflamação na gengiva;
  • Dor de dente após tratamento, cirurgia e extração.

Afecções da cabeça

  • Dor de cabeça;
  • Dor crânio-mandibular;
  • Disfunção da ATM;
  • Espasmo facial.

Acupuntura nas afecções psíquicas e psicossomáticas

  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Insônia;
  • Síndrome do stress competitivo;
  • Esquizofrenia;
  • Retardo mental.

Afecções masculinas

  • Impotência sexual (não orgânica);
  • Ejaculação precoce;
  • Inflamação na próstata.

Afecções femininas

  • TPM;
  • Dor menstrual;
  • Cistite;
  • Obstrução da trompa;
  • Policisto no ovário;
  • Infertilidade;
  • Menopausa;
  • Gestação e amamentação;
  • Enjoo;
  • Correção da posição do feto;
  • Indução ao parto;
  • Dor do parto;
  • Lactação deficiente.

Afecções infantis

  • Diarreia;
  • Coqueluche;
  • Convulsão;
  • Obesidade infantil;
  • Pós-entubação operatória;
  • Encefalite viral (estágio terminal).

Dependência química

  • Álcool;
  • Tabaco;
  • Cocaína;
  • Heroína;
  • Desintoxicação de álcool;
  • Desintoxicação de tabaco.

Pós-operatório e Acupuntura

A Acupuntura é indicada em pós-operatórios, pois ajuda a equilibrar o corpo durante convalência para uma recuperação fais efetiva.

  • Mal-estar e vômitos;
  • Cirurgia de amídalas;
  • Cirurgia de hemorróidas;
  • Artroscopia;
  • Cirurgia cerebral;
  • Dor do pós-operatório;
  • Dor após exame de endoscopia.

Câncer e Acupuntura

  • Reações adversas ao tratamento de radioterapia e/ou quimioterapia;
  • Perda de leucócitos;
  • Dor causada por câncer.

Acupuntura na sua Vida

Portanto podemos concluir que a Acupuntura pode fazer parte de sua Vida na maioria dos momentos: tanto no equilíbrio quando nas horas de dificuldade. Cuide-se e fique bem!

like do facebook Dra Lilian

COMENTÁRIOS (2)

  • A acupuntura tem o objetivo de trazer equilíbrio energético, físico, mental e emocional, podendo ser associado a outras terapias que tragam saúde e harmonia para o paciente.
    Obrigada
    um abraço