Meditação e seus benefícios

A meditação e seus benefícios são conhecimentos milenares desenvolvidos ao longo do tempo por povos e culturas. E sua sobrevivência é garantida pelo bem-estar, o qual é percebido logo no início dos exercícios.

É considerada um caminho para o autoconhecimento, desenvolvimento pessoal, expansão da consciência, equilíbrio, saúde, bem-estar, enfim, a Meditação apresenta inúmeros benefícios.

“Nós conhecemos o mundo externo de sensações e ações, mas do nosso mundo interior de pensamentos e sentimentos conhecemos muito pouco. O objetivo primordial da meditação é tornar-se consciente de sua vida interior e familiarizar-se com ela”

Sri Nisargadatta Maharajem

A citação é do grande mestre indiano Sri Nisargadatta Maharajem em seu livro I am that. Nisargadatta partiu para o plano espiritual na década de 1980.

Para meditar é desnecessário pertencer a uma determinada religião, crença ou filosofia. Mantenha sua religião. Para meditar, podemos continuar comendo carne, bebendo e fumando.

Também podemos continuar com os lazeres que gostamos. Mudar nossos hábitos para a promoção do nosso bem-estar e saúde, independe da meditação. Mudamos apenas se desejarmos.

O Pensar e o Meditar

Sabemos que é impossível deixar de pensar mesmo que queiramos, os pensamentos vêm e vão incessantemente.

Com a prática regular da meditação despertamos a consciência de que somos muito mais que os nossos pensamentos.

A mente, portanto, é somente uma parte de nós.

Com auxílio da respiração, certamente, vamos ganhando pouco a pouco uma serenidade interior que influenciará no raciocínio, na compreensão, nas atitudes e na relação com tudo e todos ao nosso redor.

Quais são os benefícios da meditação?

Atualmente existem pesquisas em Universidades americanas, na Inglaterra e também aqui no Brasil onde cientistas comprovam os benefícios da meditação. Como por exemplo:

  • redução do estresse
  • melhora dos sintomas de depressão, ansiedade e hiperatividade
  • aumento da imunidade
  • atuação no sistema cardiovascular diminuindo a hipertensão
  • alívio das dores crônicas
  • diminuição da insônia
  • melhoria da concentração, etc.

Quando a meditação é contra-indicada?

Segundo o Dr. Roberto Cardoso, pessoas com diagnóstico confirmado de esquizofrenia e em quadros depressivos muito graves (com necessidade de acompanhamento psiquiátrico constante, medicação específica) podem ter uma piora do quadro, sendo necessário então, buscar uma técnica mais adequada.

Dr. Roberto Cardoso é médico e pratica meditação há mais de 20 anos e é organizador do Curso de Formação de Facilitadores de Meditação em Saúde da Escola Paulista de Medicina.

Como meditar?

A minha intenção, neste momento, não é ensinar a meditar principalmente porque sou também uma aprendiz neste longo caminho. Mas há algo precioso e fundamental  que podemos fazer inicialmente: prestar atenção na nossa respiração.

A respiração é o “ passaporte” para esta vida. Pois respirar é a primeira coisa que o bebê recém nascido faz para entrar neste mundo. E é a última coisa que faremos antes de sairmos dele.

Conforme o nosso estado emocional, então a respiração muda. Assim, quando estamos ansiosos, então a respiração é mais rápida, superficial e curta. E quando estamos calmos é profunda e lenta. Quando tristes, ela se torna pesada e mais difícil.

Portanto, sugiro que procure se observar nas várias situações do seu dia. Descubra-se.

Veja como está se sentindo. E então pare e tente fazer pelo menos seis (6) respirações calmas e profundas. Observe o caminho do ar que entra e do ar que sai, porque isto lhe traz para o momento presente.

Uma atitude simples como esta é capaz de fazer mudanças significativas na sua vida. Porém, é importante começar devagar, pois não se trata de um objetivo a ser alcançado, mas sim um longo caminho a ser percorrido.

“Quem respira apressado não dura. Quem alarga os passos não caminha”.

Lao Tsé – Dao de Jing   cap.24

Mais sobre Meditação e seus benefícios

Livros:

  • “Medicina e meditação – um médico ensina a meditar” de Roberto Cardoso
  • “ Psique e Medicina Tradicional Chinesa” de Helena Campiglia
  • “ Para viver em paz – o milagre da mente alerta”  de Thich Nhat Hanh
  • Jornal do Taoísmo n.19 – Mestre Wu Jyh Cherng – Sociedade Taoísta do Brasil